18 de maio de 2017

A Glória de Deus em minhas Atitudes

Olá, que todos sejam bem vindos! Como é maravilhoso termos os pensamentos de Deus na nossa mente e especialmente a presença do nosso Senhor Jesus, e do Espírito Santo que tem nos conduzido a toda a verdade. Vamos meditar no Livro de João 13:32-35 diz assim: “Se Deus é glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar. Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco. Vós me buscareis, mas, como tenho dito aos judeus: Para onde eu vou não podeis vós ir; eu vo-lo digo também agora.Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” Glorificar é honrar a Deus; se a minha conduta honra a Deus, então Deus é glorificado por meio de mim. Muitas pessoas, às vezes, pensam que glorificam a Deus apenas falando com Ele, desta forma: “Deus, eu te amo, eu te glorifico, tu és tudo pra mim, etc.” Mas, glorificar a Deus, mais do que qualquer palavra, é vivermos em obediência a Deus; termos uma conduta que agrade a Deus, diferenciada do ser humano comum, ou seja, uma conduta divina. É interessante, que muitas pessoas estão procurando a sua própria glória, querem ser reconhecidas pelos seus familiares, querem ser respeitadas, querem conquistar, querem desfrutar de uma vida maravilhosa, mas para se sentirem bem consigo mesmas e não para glorificar a Deus… e glorificar a Deus não se traduz apenas nas conquistas; não é isso que necessariamente estamos falando aqui, mas de algo interno, porque, por onde você for, irá glorifica-Lo por sua conduta, através de uma fé ativa. Porque Deus transforma os seus pensamentos, o seu jeito de ser e você não apresenta um Deus religioso, mas um Deus vivo, que ressuscitou, que transmite vida, porque você vive em novidade de vida; você não vive da glória do passado. Você está percebendo, pela Palavra de Deus, que há tantas imperfeições, há tantos erros que cometemos, e nós temos que buscar, chorar, falar com Deus, etc. E por essa razão, quando vamos à igreja, não devemos ficar com a boca fechada, porque há tantas coisas para serem faladas, tantas coisas que temos que expor para Deus e que temos descoberto a nosso respeito. Deus não ficou lá de cima, vendo o povo gemendo na terra ou sofrendo sozinho… Não! Deus mandou o Seu Filho, o Seu melhor, o único Filho que Ele tinha, e O deu por nós. Veja o valor que Ele deu a cada uma de nós! Então, quem é esse demônio desgraçado, que fala na sua mente que você não é capaz?! Quem é ele, se Deus deu o melhor Dele por você?! Você tem que colocar o diabo no lugar dele! Quem é ele, se Deus deu a sua vida pela nossa? Não deixe que as palavras de derrota, de tristeza do diabo que falam que você não merece, que você não vai conseguir,entrem em sua mente e coração. Use a sua fé e revide, diga bem na cara do mal: ”Olha aqui diabo, presta bem atenção, você não foi fiel lá no céu, e você está querendo me perturbar com as suas palavras… eu não me vou ajoelhar para você! Preste bem atenção: Eu vou obedecer, eu vou meditar, eu vou aceitar o que o senhor Jesus fez lá na cruz! Eu não te aceito! Preste bem atenção: Você se coloca no seu lugar, porque Deus me comprou, por mais erros que eu tenha cometido. E porque eu creio Nele, eu te coloco debaixo dos meus pés e assumo a minha crença no Senhor Jesus.” É assim que você tem que colocar o mal debaixo dos seus pés, crer e defender aquilo que está escrito! Creia no que Jesus fez por si, porque Ele veio… Ele não é distante ou indiferente à sua dor. Mas você não consegue ter a resposta Dele, quando usa a fé emotiva. Por outro lado, quando usa a sua fé inteligente, usa aquilo que você crê; usa a palavra de Deus, que então lhe dá o direito de cobrar aquilo em que acredita que terá resultado.Um grande abraço para vocês! Fonte: Blog Viviane Freitas( Trecho do aúdio: Ser o testemunho dia 41).

Postagens populares