segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Feliz 2015

Olá, meus queridos e queridas que Deus abençoe a cada um de vocês e que cada postagem venha ser uma semente lançada no coração de cada um para fortalecer a fé e o amor na Presença do nosso amado Deus. Estamos iniciando um novo ano e muito se ouve por aí a seguinte frase: Ano Novo, Vida Nova! Porém, o que realmente significa essa vida nova? Porque muitos acabam por fazer tudo igualzinho que no ano anterior? Simplesmente, porque nada vai resolver entrar ano após ano se a pessoa não tiver uma vida nova de verdade, não estou falando somente da vida exterior e sim do que somos aqui dentro. Antes de querer uma vida nova é necessário fazer um análise da bagagem que carregamos durante toda a nossa vida. E excluir aquilo que não traz nenhum beneficio e lembrar que Deus " faz nova todas as coisas e que as velhas já são passsadas" Muitas pessoas têm receio de se entregarem completamente a Deus pois pensam que Deus não sustentará as suas vontades, prazeres e necessidades; que nunca terão o prazer de ter a própria vontade preenchida. Pensam elas! Quando Deus as conduz para fora, tira aquilo que não lhes permite desenvolver.A partir do momento que a pessoa começa a segui-Lo, por decisão dela e não pela religião, esta pessoa passa a ser disciplinada, com um coração limpo, puro, pois Deus a renova e a limpa, retirando a amargura de todo o passado. Tenho a certeza que a pessoa que não se entregou vive atormentada, com a consciência pesada e não consegue ser feliz. Porque para ser feliz há que pagar o preço! Perante várias responsabilidades e desafios, sempre ficamos em dúvida de como começar, mas quando aprendemos a depender de Deus e Lhe confiamos a nossa vida, Ele instrui-nos acerca de cada passo, assim como instruiu Moisés acerca do que ele faria quando chegasse ao Egito. Vou desafiar a mim mesma porque não posso crer num Deus tão grande e viver como se não cresse, pois tenho medo de agir a minha fé n’Ele! Negativo! Vou agir a minha fé e ser essa “sarça ardente”. Vou adiante no meu desafio sobre a Tua Palavra e resolver esse problema porque o Senhor é comigo! Resolver problemas é enfrentar, tendo objetivo do que fará daqui para a frente, ao invés de recuar, ficar a murmurar e permanecer estagnada na fé. Então, se você deseja ter uma vida nova nesse novo ano, comece de dentro para fora a sua mudança. Força, foco e fé sempre! Um abraço a todos e que 2015 venha ser um ano de renovação e bençãos em nossas vidas. Fonte:Mulheres Virtuosas & Internet

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

No que realmente consiste a sua essência?

Nós, humanos, por vezes, procuramos a glória quem vem de outras pessoas, enfim, das coisas que estão ao nosso redor. Lembra-se quando o Senhor Jesus estava no deserto? O diabo disse-lhe que Se Ele se prostrasse e o adorasse, lhe daria a glória do mundo. O brilho deste mundo é bem envolvente, então o Senhor Jesus, obviamente, disse que não. mas que apenas honraria o Pai. Jamais aceitando a glória que o diabo lhe estava oferecendo. E o que o diabo tem oferecido? A insegurança que mostra em relação às pessoas. Quando não é requisitada, popular, ou quando se sente rejeitada, na realidade, procura a sua própria glória. Cuidado! Veja o que a Biblia nos ensina quanto a isso: “Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória nada é; quem me glorifica é meu Pai…” A honra que deve buscar não é a honra de ninguém, mas unicamente a que vem de Deus, pois é permanente e lhe concede paz de espirito. Temos a oportunidade de conhecer a Deus todos os dias, procurando a honra que vem d’Ele, e honrando-O. Quando passo a servi-Lo é porque enxerguei a Sua “realeza”; o Deus que Ele é. Mas quando não O enxergo, não procuro servi-Lo mas ser servida por mim mesma, essa é a grande diferença.“És maior do que Abraão, o nosso pai, que morreu? Também os profetas morreram. Quem, pois, te fazes ser?” Esta é a pergunta para a qual chamo a sua atenção: Quem é que a faz ser abençoada, ter sucesso, ser bem requisitada? Quem a faz ser amada? Quem lhe permite ser nobre? No que realmente consiste a sua essência e por consequência a sua felicidade? Nas muitas bajulações? Pense bem, jamais perca este tesouro em ser um com Ele, busque a Presença de Deus e as demais coisas vos serão acrescentadas ao seu tempo. Fonte: Internet.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Cuidado com a arrogância.

Muitos escolhem seu próprio caminho, porém, eu escolho agradar a Deus sobre todas as coisas, e mesmo quando as situações não são como eu quero, olho para frente e confio em Suas Promessas, pois, sei que o justo vive pela fé. A pessoa que para se sentir bem precisa tripudiar em cima do próximo, jamais encontrará a verdadeira paz de espirito, porque essa pessoa está apenas agradando a sua própria vontade. Só temos a ganhar com a Palavra de Deus. Quem perde, é quem não medita e não valoriza esta Palavra. A pessoa que insiste em defender as suas razões e ponto de vista, na verdade, é porque seu orgulho está sendo ferido. Pensa não ser compreendida, sente-se só, acusada. Mas quando reparamos nas obras que praticamos, percebemos que não somos uma perfeição e que não temos o direito de impor a nossa vontade aos outros. O que vai nos ajudar é submeter-nos à verdade que vem de Deus. Saiba que independentemente da posição, somos uma “alma”. E a alma precisa ser salva! Assim seremos, até Jesus voltar e buscar a Sua Igreja. Seja realista, use a fé inteligente, que lhe dá as respostas que precisa, e use as armas que tem: a oração, o clamor, o grito, a sua dependência de Deus. Clame! Fonte: Internet.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Amor pelas Almas

Normalmente, quando chegamos à igreja, só pensamos em nós mesmos e queremos resolver nossos problemas, somos incapazes de perceber o sofrimento das demais pessoas. Mas depois que temos um encontro com Deus e nos damos conta do quão preciosa é a salvação da nossa alma, nasce em nós um desejo de querer que outras pessoas venham também participar do plano da salvação e conhecer o amor, o perdão e a misericórdia do nosso Salvador, o Senhor Jesus, que nos resgatou pagando um preço muito alto pela salvação da nossa alma e dar a conhecer o que de mais precioso nós temos passa a fazer parte do nosso dia a dia. Não importa se vamos evangelizar e levamos com a porta na cara, se somos mal recebidos e nos criticam, se não sabemos nos expressar devidamente,o importante é que Deus possa contar conosco sempre, independente da situação. A pessoa que serve a Deus se dá totalmente pelo povo, ou, seja, este é o seu principal propósito: cuidar do povo, viver constantemente em oração e jejum em favor dos demais, levando uma palavra de fé aos que necessitam. Não aceitar ver a vida das pessoas arruinadas, a alma delas perdida e longe da salvação. Uma coisa muito importante é que você pode gostar de estar na igreja, ajudar nas reuniões, mas se você não sente um amor imenso pelas almas, acaba fazendo a obra de Deus mecanicamente, sem sentir-se renovado. Então, procure analisar seu coração e veja se realmente você sente este desejo de ajudar os que sofrem e estão longe de Deus, e se você tem esta sede de ganhar almas para o Reino de Deus. Fonte: Internet.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ser de Deus, é ser bobo dos outros?

“Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.” (Mt 5. 5). Ser manso aos olhos do mundo é ser bobo, ser explorado, ser um “Zé ninguém”. Mas afinal, o que é ser manso para quem tem uma vida na Presença de Deus? Agradar a Deus não significa deixar que as pessoas faltem com respeito com você, mas sim, que você não vai sair brigando com todo mundo que te ofender ou não concordar com algo que você diga ou faça. A pessoa mansa se destaca pelo seu comportamento pacificador. Por isso, temos a responsabilidade de sermos mansos perante as pessoas e perante Deus. Parece um peso, mas não é! Jesus disse que os mansos seriam bem-aventurados (felizes). A felicidade vem da alegria em fazer o que agrada a Deus, em ver o bem triunfando sobre o mal. Aqueles que nutrem atitudes contrárias à mansidão e não se arrependem, não ganharão a herança da parte de Deus. Paulo observou essa questão: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: "...inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o Reino de Deus os que tais coisas praticam".(Gl 5. 19-21). As atitudes citadas no versículo acima são típicas de quem não tem um coração manso. É bom lembrar que a mansidão deverá aparecer justamente nos momentos mais tensos. É na fila do banco, numa fechada no trânsito, numa injustiça sofrida, em meio a uma humilhação, sim, são nestas situações que se conhecem os “mansos do Senhor”, que não são bobos porque sabem lutar do jeito correto, do jeito que agrada a Deus! E não alimentam o espirito do diabo que cria situações somente para tirá-los dessa mansidão. E você prefere levar tudo a ferro e fogo ou entrega nas mãos de Deus e pensa muito antes de usar as palavras contra alguém? Fonte: Internet.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Em que consiste a fé?

“Passadas estas coisas, havia uma festa dos judeus, e Jesus subiu para Jerusalém... estava ali um homem enfermo havia trinta e oito anos. Jesus, vendo-o deitado e sabendo que estava assim há muito tempo, perguntou-lhe: Queres ser curado? Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Então, lhe disse Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda. Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar. E aquele dia era sábado.” (Jo.5:1-9) Mas, em que consiste a fé? Quando Jesus fez uma pergunta direta, analise a resposta daquele homem: Alguém enfermo deveria dizer: “Sim!”, mas ele respondeu, ao invés: “Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque…”, justificando, de imediato, o motivo de ainda não ter sido curado. Muitas pessoas dão essa desculpa: “É porque sou fraquinha; ninguém me ajuda, ninguém me acompanhou…” Cheias de desculpas! Quando, na verdade, a fé não tem desculpas. Enquanto murmurar, observar as consequências, as dificuldades; a aparente falta de condições, jamais vai agir a sua fé, e esta, sem obras, é morta! Pare de ficar prostrado e de dar desculpas, esperando que outros tomem a decisão por si. O que tem que fazer, é pegar aquilo que a tem impedido e agir a sua fé! Porque é que, muitas vezes, se torna uma pessoa “acamada” na fé? Porque não prioriza as coisas de Deus, e depende das situações à sua volta para resolver os problemas. Mas quando está resolvido no seu interior, é uma pessoa ativa na fé! Como? Tome posse da Palavra de Deus, servindo-O de todo o coração. Não espere que outras pessoas olhem para você e falem o que têm que mudar,é você que precisa agir, tomar atitudes, sem olhar as circunstâncias.Crer em si mesmo, no que você quer! E assim que começar a determinar o que deseja alcançar, a tomar essa atitude, Deus começa a agir também. É muito bom ver o crescimento, a mudança em nós mesmos, dia após dia. É uma luta todos os dias, mas o ultrapassar cada uma, é uma alegria! Não fique “acamado”, anos a fio, preocupado com a situação, mas levante-se e saia adiante. Então, Deus cumpre o determinado, em virtude da sua fé e ligação a Ele! Fonte: Blog Viviane Freitas.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

O veneno da Alma.

Guardar ressentimento é como tomar veneno. A Bíblia ensina que devemos esvaziar nossos corações das coisas do passado ou do presente que nos incomodam. “Tende cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem” (Hebreus 12:15 ). Entretanto, a vida cristã é caracterizada pela superação de obstáculos. Devemos nos tornar maiores que as nossas circunstâncias e não permitir que elas nos abatam. É preciso transformar as pedras de tropeço em degraus e ser curado em corpo e mente pela fé e pelo amor do Senhor, e livre da escravidão do rancor e do ressentimento, pela Palavra de Deus.Devemos deixar Jesus resolver e eliminar os problemas do passado, pela transformação e renovação do nosso entendimento(Romanos 12:2). A Bíblia diz: “Se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; tudo se fez novo” (2 Coríntios 5:17). Em outras palavras, quanto mais imerso você estiver em Jesus e na Sua Palavra, e aprender a fazer as coisas a Seu modo, mais as coisas velhas passarão e mais coisas se tornarão novas. Não acontece de uma só vez, mas conforme alinharmos nossa vontade à dEle, mais e mais coisas do passado que antes nos atormentavam, vão doer menos e se tornar menos importantes. Quando se trata de livrar-se de rancores e deixar para trás experiências passadas negativas, ajuda muito obter a ajuda na Palavra de Deus. Tão logo você tenha trazido o problema à tona e recebido oração e conselhos fundamentados na Palavra de Deus, você pode mais facilmente perdoar, esquecer e seguir adiante. Deus quer que “sua alegria seja completa” (João 15:11), e sabe que o segredo dessa alegria reside em perdoar os que o prejudicaram, deixar de lado o rancor e o ressentimento, e esquecer o passado. Sim, você pode superar essas coisas!

Postagens populares